Vereador Rozeno promove reunião entre produtores de leite e o Gerente do Basa.

por suporte_lilian — publicado 22/08/2018 16h40, última modificação 22/08/2018 16h40
Produtores de leite participaram de uma reunião na Câmara Municipal de Acrelândia com o gerente do Basa e empresários do Laticínio Mil Lac, reunião foi proposta pelo Vereador Rozeno.
   O Vereador Rozeno-PSD, promoveu uma reunião voltada aos produtores de leite, juntamente com o gerente do banco da Amazônia, Pablo Tiago e os empresários do mais novo laticínio, Mil Lac em Acrelândia. A reunião aconteceu na manhã desta sexta-feira 17/08, na Câmara Municipal de Acrelândia. Estiveram presentes o Prefeito Caetano-PSD, Vereador Mineirinho-PSL do município de Plácido de Castro, Presidente Marciano, Vereadora Rosangela, Vereador Moisés Fabroni e Vereador Ivanir.
   O principal objetivo da reunião, proposta pelo Vereador Rozeno, foi proporcionar o diálogo entre os produtores de leite, e levar até eles o conhecimento sobre as linhas de créditos voltadas para a agricultura familiar e principalmente ao setor leiteiro, além dos empresários do laticínio que puderam expor a forma que irão trabalhar no município.
   Segundo Everaldo, um dos donos e sócio do Laticínio Mil Lac, a fábrica está pronta para funcionar. Segundo ele, a expectativa é que os trabalhos se iniciem no dia 1° de setembro, recebendo o leite dos produtores. Everaldo fez uma explicação de como está o Laticínio Mil Lac e a forma em que irão trabalhar junto com os produtores. Na oportunidade, o empresário respondeu às perguntas dos produtores, sanando suas dúvidas. O gerente do Basa, Pablo Tiago, falou das linhas de créditos voltadas principalmente à bacia leiteira na região e se colocou a disposição dos produtores e empresários do laticínio, para futuramente trabalhar em uma parceria onde todos possam ganhar.
   O Vereador Rozeno-PSD, agradeceu a todos e afirmou estar muito feliz com o novo empreendimento no município, porque irá gerar emprego e fortalecer ainda mais o homem do campo. O Vereador Rozeno destacou que o evento não é de caráter político, mas sim de interesse dos produtores.