top of page
  • Foto do escritorAscom

Vereador Cleuson Oliveira propõe e Câmara realiza audiência pública para sanar problemas com fiação


Iniciativa de Vereador Cleuson para tratar de fios antigos de telefonia e internet é louvável


Na manhã desta quinta-feira, 27 de outubro de 2023, por iniciativa do vereador Cleuson de Oliveira (PP), a Câmara Municipal de Acrelândia, realizou uma audiência publica para resolver um problema que vem perdurando há vários anos no munícipio - fios de telefonia jogados nas ruas de Acrelândia. Estiveram presentes o representante do Ministério Público, promotor Flávio, o empresário Kennedy Cardoso da Central Net, o prefeito Olavinho Boiadeiro, presidente da Câmara, Rozeno Melo, vereador Cleuson (autor do requerimento que resultou na Audiência Pública), e os vereadores Sionayton, Beto do Trazibe e Tiririca.


"Nossa sociedade já não aguenta mais, são fios nos canteiros, nas ruas e nós estamos tomando providência. Tem algumas empresas que não participaram, mas já vamos notificar eles, convocar para que eles venham em Acrelândia e nos dê uma resposta. O que nós queremos é solução." Declarou o vereador Rozeno Melo.

A convite da casa legislativa, o MPAC esteve presente para acompanhar a audiência pública e contribuir da melhor forma possível para que o problema seja resolvido, e que a população não veja mais fios antigos deixados por empresas de telefonia, internet e até energia, jogados no chão. O promotor de justiça, Flávio, frisou que o resultado da audiência resultará num termo de cooperação entre o governo e as empresas presentes, e que as empresas que não compareceram a audiência, serão notificadas para serem ouvidas e contribuir para a solução do problema. "Tenho certeza que teremos um final feliz e o munícipes ficaram tranquilizados e bem satisfeitos com a resolutividade do problema.".


Vídeo da entrevista com vereadores e autoridades locais

Entrevistador: Jhonatas Reis.


Presente na audiência, o prefeito Olavinho Boiadeiro, defendeu a iniciativa do vereador e frisou que sua administração está a disposição para auxiliar na resolução desse problema. "Hoje essa audiência serviu para alinhar a forma como devemos agir, entrar em contato com essas empresas e determinar um prazo para que eles corrijam o que esta errado dando providência para solucionar esse problema de uma vez por todas."


O autor da audiência pública, vereador Cleuson explicou que a ideia da audiência é envolver todas as partes interessadas (poder executivo, poder legislativo, poder judiciário, empresas privadas e sociedade) e frisou que espera que a audiência pública resulte em um termo de cooperação entre governo e empresas, para tratar do assunto. O termo deve estabelecer prazos e responsabilidades para a retirada dos fios antigos dos postes e do chão. "A nossa preocupação é não vermos mais os cabos jogados no chão, até porque, ainda hoje temos cabos telefônicos jogados há mais de anos, por dois fatores: um porque a Energisa está fazendo melhorando nas nossas redes de distribuição, o que é louvável, e outra porque tem empresas que já não estão no município prestando serviço e o cabo dela fica lá jogado na rua, sem que eles venham recolher e dar a destinação correta, prejudicando o bem-estar da população, poluindo e deixando a cidade feia, além de poder causar acidentes." disse. O parlamentar ainda deu exemplos, dizendo que os fios jogados mostram um 'desmazelo' por parte das empresas fornecedoras de serviço com o município e o povo, coloca em risco a população, e condutores de veículos de duas rodas, como ciclistas e motoqueiros que podem enganchar nos fios, cair, e em caso mais grave vir a falecer.


A prevenção é o melhor remédio, e a união das entidades, resultaram em propostas que beneficiarão a sociedade.


Finalizando, o vereador disse também que além do termo de compromisso, se necessário for, apresentar um projeto de lei, obrigando o prestador de serviço, a remover/recolher toda a fiação descartada, para um local correto, sendo proibido permanecer no local ou em vias públicas.


Galeria de Fotos


Commentaires


bottom of page